Cultura e Turismo são debatidos em Muriaé

Postado por Portal Miradouro on  30 de novembro de 2021
0
Categoria: Destaque, EDUCAÇÃO

A Conferência reuniu autoridades como o prefeito José Braz, o vice-prefeito Marcos Guarino, o deputado estadual Bráulio Braz, o professor e escritor Joel Peixoto, o vice-prefeito de Cataguases, Marcos Andrade, entre outros presentes, além de empreendedores da área de turismo e cultura, produtores culturais, pontos de cultura, associações de artesãos. Todos envolvidos com a contextualização das propostas que poderão levar Muriaé a um franco crescimento cultural e a ser pólo turístico na região.

O subsecretário de Cultura e Turismo ministrou palestra com satisfação pelo ar cultural obtido na visita. “O Estado precisa levar oportunidades para os 853 municípios de Minas. Nosso trabalho é desenvolver a solidificação de políticas públicas para destinar fundos para a cultura. Estamos abrindo muitos editais para estar repassando recursos para a cultura. Muriaé está evoluída, assim como Cataguases, na área do audiovisual. O mundo está voltado para o audiovisual. Este setor é o protagonista deste momento. A região está embalada nesta atividade que é a mais difundida e possui futuro profícuo”, declarou Maurício Canguçu.

Entre as propostas estabelecidas nas plenárias realizadas ao final da Conferência sobressaíram a necessidade de um maior intercâmbio entre as instâncias do estado e a necessidade de desenvolver o projeto Pico do Itajurú, que estabelece a criação de portal de entrada, construção de quiosques e área de convivência para incremento do turismo na região.

Uma das mais importantes noticia que Mauricio Canguçu trouxe para nós, é a de que o Estado de Minas está se organizando para fazer repasse “Fundo a Fundo”, ou seja, do Fundo Estadual, para os Fundos Municipais de Cultura.

As propostas do setor de cultura ainda estão sendo organizadas em Ata Oficial para serem direcionadas a diretora da Fundarte que emitirá o documento para a Secult.

Continue lendo clicando em Leia mais …

Na tarde desta segunda-feira (29-11), o Portal Miradouro informa que acompanhou o estudo de tráfego de veículos da BR 116, localizado na entrada do Posto do Timbozão, no Miradouro. Foi contratada empresa para realizar estudo de tráfego na rodovia BR 116. A pesquisa foi acompanhada pela Polícia Rodoviária Federal de Muriaé, que deu todo suporte para a entrevista.

 

Equipe que realizou os estudos na tarde desta segunda-feira (29-11) na BR 116  em Miradouro.

Conversamos com grande amigo, Júlio Simbra, PRF de Muriaé

 

 

 

Entrevista com funcionário da empresa contratada para fazer os estudos no trecho de Miradouro

 

Por meio dos estudos de tráfego é possível conhecer o número de veículos que circula por uma via em um determinado período, suas velocidades, suas ações mútuas, os locais onde seus condutores desejam estacioná-los, os locais onde se concentram os acidentes de trânsito, etc. Permitem a determinação quantitativa da capacidade das vias e, em consequência, o estabelecimento dos meios construtivos necessários à melhoria da circulação ou das características de seu projeto.

Através de pesquisas se podem conhecer as zonas de onde se originam os veículos e para onde se destinam, tornando possível a fixação das linhas de desejo de passageiros e de mercadorias. Em conjunto com essas pesquisas, que fornecem os dados sobre o tráfego atual, e através do conhecimento da forma de geração e distribuição desse tráfego obtém-se o prognóstico das necessidades de circulação no futuro, dado essencial para o planejamento da rede.

Em resumo, os estudos de tráfego se constituem no instrumento de que se serve a Engenharia de Tráfego para atender às suas finalidades, definidas como sendo o planejamento de vias e da circulação do trânsito nas mesmas, com vistas ao seu emprego para transportar pessoas e mercadorias de forma eficiente, econômica e segura.

Os dados de tráfego são geralmente obtidos nas fases de Planos Diretores e Estudos de Viabilidade, em vista da necessidade de sua utilização nas análises econômicas ali desenvolvidas.

Nos casos em que o Projeto Final de Engenharia não tiver sido precedido do Estudo de Viabilidade e o prazo para sua elaboração for curto, a obtenção e aplicação dos dados de tráfego poderá se restringir a:

  • Elaboração de fluxogramas das interseções para seu dimensionamento;
  • Determinação do número equivalente “N” e/ou outros elementos necessários para fins de dimensionamento do pavimento;
  • Verificação, através de Estudos de Capacidade, da suficiência e compatibilidade das características projetadas com o nível de serviço estabelecido.

Fonte: Portal Miradouro | O seu portal de notícias 

 

Foi realizado na tarde deste domingo (28-11), no Campo da AMA, duas rodadas das semifinais do Campeonato de bairros de Miradouro. No primeiro jogo da semifinal o time da Caixa d’água empatou em 0x0 com time do Japão, um grande duelo entre as duas equipes, os goleiros mais uma vez se destacaram na partida, realizando boas defesas. A decisão ficou para as penalidades máximas.

TIME DA CAIXA D’ÁGUA

TIME DO JAPÃO

Acompanhe no vídeo abaixo:

Já no segundo jogo da semifinal, o time da Grota também empatou com o time do Japão em 0x0. Mesmo machucado o goleiro Bruno da Grota, cresceu muito no jogo e no finalzinho do jogo realizou um grande defesa na cabeçada do atacante Abel do time do Cruzeiro, mais um vez a decisão foi decidida nas cobranças de pênaltis.

TIME DA GROTA

TIME DO CRUZEIRO

Acompanhe no vídeo abaixo:  

Esta matéria tem o apoio das seguintes empresas:

 

 

Na tarde deste domingo, 28 de novembro de 2021, a Polícia Militar com suas equipes de Orizânia e da Patrulha Rural realizaram a averiguação de denúncia de tráfico ilícito de drogas, no Bairro Vista Alegre (Conhecido como Departamento de Orizânia).

Após informações de que havia um indivíduo oriundo de Divino, com Mandado de Prisão em aberto e que ele estaria envolvido na mercância de drogas na região, os militares diligenciaram até o local e após o monitoramento do movimento, foi possível identificar e abordar o autor.

Na ocasião as equipes lograram êxito em apreender 8 buchas de maconha, R$92,00 em dinheiro e materiais diversos para endolagem da drogas. Assim, foi dada a voz de prisão ao autor pelo crime de tráfico ilícito drogas, sendo ele conduzido para a DEPOL de Muriaé para demais providências.

O Sargento Xavier de Orizânia informou que a prisão desse autor foi possível, graças às colaborações da comunidade de bem de Orizânia que confia no trabalho da Polícia. O militar informou ainda que qualquer pessoa pode denunciar através do 190, 181 ou pelo WhatsApp do Destacamento de Orizânia pelo número 32 9850-6484.

Galera ligada na Final da Libertadores – Casa do Vitor 

Galera no Moiados Bar em Miradouro

Antenor ( O Impacto Publicidade) de Divino

Restaurante Posto Serra do Brigadeiro em Miradouro

Marcio Prado acompanhando em Fervedouro

 

Aparecida de Manhuaçu

As vítimas foram identificadas como Otoniel Silas Mendes de 41 anos e Mateus Hotton Teixeira Mendes de 20 anos

 

Pai e filho morreram na madrugada deste sábado (27) em um acidente ocorrido na BR-116, próximo a entrada do distrito de Itamuri. As vítimas foram identificadas como Otoniel Silas Mendes de 41 anos e Mateus Hotton Teixeira Mendes de 20 anos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o veículo se chocou fortemente com um ônibus e depois saiu da pista.

Próximo ao local do acidente há uma queda de barranco o que deixou parte da pista com uma grande quantidade de lama, algo que pode ter provocado a colisão.

Os óbitos foram constatados ainda no local pela equipe médica do SAMU. Em seguida, os bombeiros iniciaram a remoção dos corpos. Dentro do ônibus havia 31 passageiros. Ninguém se feriu. O ônibus pertence a empresa Compertur Turismo de São Mateus-ES e seguia sentido Aparecida do Norte em São Paulo.

A Perícia Criminal da Polícia Civil compareceu no local e realizou os levantamentos do que levou a colisão. A Polícia Rodoviária Federal controlou o trânsito durante o resgate dos corpos. Eles foram levados para o Instituto Médico Legal de Muriaé (IML) por uma funerária.

Fonte: Rádio Muriaé parceira do Portal Miradouro 

O Nacional realizou na noite desta sexta-feira (26-11) o lançamento oficial do projeto “Mãos Dadas”, iniciativa que tem o objetivo de estreitar laços e fazer parcerias com clubes e escolinhas de futebol de Muriaé e região, com foco nas categorias de base.

O clube promoveu uma reunião nas dependências do estádio Soares de Azevedo, que contou com a participação de membros da diretoria e comissão técnica da base do NAC, juntamente com responsáveis por diversos clubes e projetos de Muriaé e cidades vizinhas. Já estão representados no projeto “Mãos Dadas”:

Paulistano, Cruzeiro, Porto, Operário,
Aeroporto/São José, ACS Sports, Vermelho, Prefeitura de Muriaé (escolinha municipal de futebol) e cidades como Miradouro, Antônio Prado de Minas, São Francisco do Glória, Ervália, Eugenópolis, Barão de Monte Alto e Recreio.

 

 

Diretor das categorias de base do NAC, Eduardo Alves falou sobre a importância da reunião realizada nesta sexta:

“O Nacional hoje deu um grande passo para fortalecer o futebol de base de Muriaé e região. Eu agradeço a todos os representantes que aceitaram nosso convite para estar nos ouvindo e que também puderam falar. Esse foi o primeiro passo para que a gente possa estar juntos. E tenho fé em Deus que, com trabalho e união, nós vamos alcançar nossos objetivos”.

Como primeira ação do projeto, ficou definida a realização de um torneio da categoria Sub-13 no Soares de Azevedo (CT e estádio) nas próximas semanas e que contará com a participação dos clubes/escolinhas que já fazem parte do “Mãos Dadas”.

Fonte: Portal Miradouro | Informações Ascom do Nacional Atlético Clube de Muriaé

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Manhuaçu, na Zona da Mata, obteve sentença da Justiça da comarca determinando ao município de Reduto a rescisão imediata dos contratos dos servidores contratados para os cargos de agentes comunitários de saúde e combate a endemias firmados de forma irregular, e a realização de processo seletivo ou concurso públicos, no prazo de 180 dias, para provimento das vagas que vierem a ser disponibilizadas.

Isso porque, em 2017, o então prefeito nomeou, sem o devido processo seletivo, 18 pessoas para exercerem o cargo de agente comunitário de saúde e de combate a endemias, contrariando a Constituição Federal e as normas previstas na Lei Federal nº 12.994/2014.

Na decisão, proferida em Ação Civil Pública com Obrigação de Fazer e Não fazer, proposta em 2018 pela 2ª Promotoria de Justiça da comarca de Manhuaçu, a Justiça determinou ao município, também, que se abstenha de contratar outros servidores sem o devido processo seletivo ou concurso públicos.

O juízo da 1ª Vara Cível da comarca ratificou e manteve a multa diária de R$ 10 mil, estabelecida em liminar, para cada nomeação ou contratação de servidor em desacordo com a lei, que vier a ser mantida após o decurso do prazo concedido para regularização, até o limite de R$ 200 mil, a ser paga, solidariamente, pelo município e seu representante legal que estiver no cargo.

Na decisão, o juiz destaca que a contratação temporária para agentes comunitários de saúde e combate a endemias, sem indicação de eventual emergência ou calamidade pública, não encontra amparo legal e deve ser declarada ilegal.

Destaca, também, que, o MPMG expediu Recomendação ao município, apontando a prática reiterada dessas contratações temporárias fora das hipóteses previstas na Constituição Federal para atender necessidade permanente de serviços públicos, sem motivação formal acerca da excepcionalidade do ato, mas não obteve êxito.

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (25-11), de forma virtual o lançamento do livro “Cresol Minas: Tecendo um sonho coletivo”.

Marco Aurélio de Lima – Conselheiro Administrativo da Cresol Minas

Patrícia Ribeiro – Gerente da Cresol de Miradouro

Joel Alexandre da Silva – Sócio Fundador da Cresol Minas – Miradouro MG

Roberto Carlos de Lima – Sócio Fundador da Cresol Minas – Miradouro MG

José Soares de Souza Neto – Sócio Fundador da Cresol Minas – Miradouro MG

 

A Cresol Minas tem seu Centro Administrativo na cidade de Muriaé, com agências presentes na Zona da Mata Mineira e vários projetos de expansão. Além disso, a Cresol Minas conta com profissionais engajados no desenvolvimento da cooperativa local e regional, demonstrando o compromisso permanente de crescer junto com seus milhares de cooperados de forma sustentável.

Não poderíamos deixar de destacar que a obra reúne uma coleção de estudos realizado por seus autores que acompanham organicamente o desenvolvimento das Cooperativas de Crédito com Interação Solidária há mais de duas décadas, alguns dos textos foram resultados dos trabalhos de vivência acadêmica a partir do primeiro curso de graduação em Cooperativismo, criado junto com a Universidade Federal de Viçosa – UFV, do qual a Cresol Minas possui grandes e ativas parcerias. Enquanto Sistema Cresol, destacamos o Pública Cresol, espaço destinado para essas publicações, e evidenciamos os trabalhos produzidos por esses pesquisadores, orientadores e orientandos na temática sobre as cooperativas de crédito em âmbito nacional da pesquisa e extensão, durante toda a história da Cresol.

A obra demonstra um “ser e fazer ou saber ser e saber fazer” (Fernandez, 2021) cooperativo que embrionou uma cooperativa que projeta- se por seu diferencial estampado na prática da gestão e da governança profissional sem perder o foco “saber ser e fazer” uma cooperativa presente nas realidades de seus cooperados e das comunidades onde estão presentes, por meio de um relacionamento vivo e ativo.

Enquanto Central Cresol Baser, projetamos a Cresol Minas Gerais como uma cooperativa presente em todo o estado de Minas, estando forte para ir além das fronteiras mineiras. Para isso, foi necessário que a Cresol se reposicionasse perante o mercado com uma governança segregada e também profissional. Uma segregação com distinção do papel do conselho de administração e fiscal (eleitos pela assembleia de cooperados), do papel da diretoria executiva mandatada a partir da contratação do conselho de administração, ambos homologados pelo Banco Central do Brasil – Bacen. Uma segregação essa, que valoriza o relacionamento local, a organização de embaixadores, ações voltadas aos cooperados, a comunidade e as parcerias que fortalecem o negócio da cooperativa, justificando sua característica societária por meio da garantia dos princípios cooperativos. Chegar neste estágio foi uma longa jornada que será relatada nesta riquíssima obra, em que os autores em sua autonomia acadêmica, mantiveram um posicionamento presente de forma contínua durante as muitas fases que passaram as cooperativas, que hoje, a partir de uma estratégia de fusão construída conjuntamente, constituíram a Cresol Minas Gerais.

Fonte: Portal Miradouro | Informações do Livro – Cresol Minas Tecendo um sonho coletivo

 

Os policiais civis foram informados sobre a existência de um veículo carbonizado no local e, após levantamentos, conseguiram encontrar a vítima com queimaduras, dentro de um açude, no interior de uma mata.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) resgatou, nesta quinta-feira (25/11), uma mulher que estava com queimaduras, dentro de um açude, no interior de uma mata, no município de Muriaé, na Zona da Mata mineira.

De acordo com o delegado Glaydson de Souza Ferreira, policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) obtiveram informações de que havia um veículo carbonizado no distrito industrial. Ao se deslocarem até o local e realizarem levantamentos, foi possível identificar o carro. “Após horas de buscas, encontramos a vítima com queimaduras dentro de um açude, no meio da mata. Em conversa com a vítima, ela informou que se encontrava em um quadro depressivo”, informa, explicando que ela relatou que teria comprado galões de gasolina para atear fogo no próprio veículo em que ela se encontrava.

Ainda conforme a autoridade policial, a PCMG também acionou o Corpo de Bombeiros. “As investigações continuam para apurar todas as circunstâncias que envolvem o caso”, conclui.

 

Matéria atualizada às 16h36

 

O que parecia uma ocorrência simples, envolvendo a localização de um carro carbonizado, resultou no salvamento de uma vida, realizado pela Polícia Civil.

Uma mulher de 48 anos foi resgatada nesta quinta-feira (25) de dentro de um açude, no distrito industrial com várias partes do corpo queimada.

De acordo com o delegado Glaydson Ferreira, primeiro a chegar no local junto com a sua equipe, assim que percebeu o carro incendiado realizou uma vistoria nas imediações e constatou que a mulher que dirigia o veículo estava dentro d´água, apenas com a cabeça para fora, com queimaduras graves pelo corpo.

Ainda segundo o delegado, na noite de ontem, a mesma mulher foi abordada por policiais militares às margens da BR-116 com litros de álcool no carro, mas foi liberada por não apresentar suspeita.

Ela estava desaparecida desde ontem e permaneceu dentro do açude por mais de 12 horas, só saiu quando viu a chegada dos policiais.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e imediatamente realizou os primeiros atendimentos, em seguida a conduziu para o Hospital São Paulo com diversas queimaduras de terceiro grau.

Um inquérito será instaurado para investigar as causas do incêndio e dos ferimentos, mas a informação é que a vítima está em estágio avançado de depressão.

“Poder contribuir no salvamento de uma pessoa, é um sentimento de missão cumprida e que demonstra que a sociedade muriaeense pode contar com a Polícia Civil” disse o delagado Glaydson Souza.

Fonte: PCMG

TV PORTAL

Siga-nós!