Buscar  
CONHEÇA OS CANDIDATOS A PREFEITO (A) DE MIRADOURO NAS ELEIÇÕES 2020: VEJA QUEM SÃO
PORTAL MIRADOURO em 28/09/20

Fotos do Cristiano Moreira (Imagens Área)



Em 15 de novembro os eleitores vãos as urnas para definir quem vai comandar o município de Miradouro nos próximos 4 anos. os candidatos tinham até às 19 horas deste sábado (26) para registrar seus nomes na Justiça Eleitoral.

 

Miradouro pode conhecer agora os seus candidatos. O Portal Miradouro apresenta essa relação, trazendo o nome dos candidatos a prefeito e a vice-prefeito que se colocaram à disposição do eleitorado para a disputa de novembro.

 

Ao todo, até este momento são 3 candidatos a prefeito e 66 para o legislativo.

 

 

Conheça os candidatos a prefeito e a vice-prefeito (Ordem alfabética).




Prefeito (a): Cloves Botelho (PTB)

Vice-Prefeito (a): Rogério da Farmácia (PV)


                           CLOVES BOTELHO  


Prefeito (a): Gilsilene Mendes (PT)

Vice-Prefeito (a): Zé Tote (PT)


                           ZÉ TOTE


Prefeito (a): Wellington Silva (PRTB)

Vice-Prefeito (a): Michael (PT)


                    WELLINGTON SILVA      



Apesar do adiamento das eleições, a propaganda eleitoral continuará seguindo as normas estabelecidas na Resolução TSE nº 23.610/2019, que regulamenta a matéria. Esse é um tema sensível do Direito Eleitoral, uma vez que a violação das regras da propaganda figura como uma das principais causas de judicialização dos pleitos e causa de cassação de diplomas e mandatos.


A propaganda eleitoral não pode se valer de abuso do poder econômico ou político, ou ainda utilizar indevidamente os meios de comunicação. Ela ainda deverá trazer de forma clara, nas candidaturas aos cargos majoritários – como é o caso dos prefeitos –, os nomes do titular da chapa e de seu vice. Também precisa informar os partidos políticos que endossam a candidatura e, se for o caso, que compõem a coligação.


A propaganda não poderá trazer nenhuma manifestação preconceituosa em relação a raça, sexo, cor ou idade, por exemplo, nem fazer apologia à guerra ou a quaisquer meios violentos para subverter a ordem política, social ou o regime democrático. Também não deverá provocar animosidade nas Forças Armadas ou contra elas, incitar atentados contra alguma pessoa ou a desobediência civil ou, ainda, desrespeitar os símbolos nacionais, como a bandeira.

 

 

 

SAIBA MAIS DETALHES DA CAMPANHA CONFORME REGRAS DO TSE…

 

 

Em razão dos cuidados para evitar que eventos públicos da campanha eleitoral coloquem em risco a saúde pública por causa da propagação do novo coronavírus, a Justiça Eleitoral tem aconselhado aos candidatos que se empenhem para evitar a aglomerações de pessoas e para que os eventos ocorram em lugares abertos e amplos.

 

Com esses cuidados, os comícios poderão ocorrer livremente, desde que comunicados com antecedência às autoridades a fim de que sejam tomadas as providências para garantir a ordem e a segurança. Eles deverão ocorrer das 8h às 0h, e a apresentação de artistas (os showmícios) não é permitida, exceto se o candidato for o artista a se apresentar.

 

Já o uso de alto-falantes é restrito ao período das 8h às 22h, até a véspera da eleição, sendo proibidos a menos de 200 metros das sedes dos Poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário, quartéis militares, hospitais, escolas, igrejas ou bibliotecas.

 

São proibidas a confecção e a distribuição de camisetas ou quaisquer outros brindes com as marcas ou dizeres da campanha. Da mesma forma, a distribuição de cestas básicas, material de construção ou qualquer outro benefício ao eleitor não são permitidos, sob pena de o candidato responder por compra de votos.

 

Também são vedadas quaisquer formas de propaganda eleitoral em vias, locais ou edifícios públicos, ou em locais abertos ao público, ainda que de propriedade privada, como cinemas, lojas, clubes, templos, centros comerciais, ginásios e estádios.

 

Não é permitida a publicidade dos candidatos em outdoors ou em muros, ainda que em pichações. Apenas as sedes dos partidos políticos ou os comitês de campanha poderão pintar as suas fachadas com as cores ou os dizeres da campanha.

 

Poderão ser usadas bandeiras e adesivos plásticos dentro do limite de 0,5 m² de área. Os carros poderão ostentar adesivos perfurados no vidro traseiro ou em outros lugares, desde que, nesse caso, também seja respeitado o mesmo limite. É permitida a distribuição de panfletos, mas o despejo do material nas ruas, especialmente no dia da votação, é proibido.

 

COMBATE À DESINFORMAÇÃO

 

A questão da disseminação de conteúdo falso, descontextualizado ou calunioso como expressão de propaganda eleitoral mereceu atenção especial da Resolução TSE nº 23.610/2019. A norma estendeu ao candidato a responsabilidade por todo o conteúdo que porventura seja veiculado a seu favor, até mesmo por terceiros, por presumir que ele, seu partido ou sua coligação tenham tomado conhecimento do seu teor e concordado com a sua divulgação.

 

PROPAGANDA NA INTERNET

 

Os candidatos podem fazer propaganda eleitoral na internet em sites e páginas nas redes sociais que sejam próprios do partido político ou da coligação, ou por meio do envio de e-mails ou mensagens instantâneas. Mas há regras a serem observadas para que não se cometam abusos.


Uma delas, por exemplo, estabelece que apenas candidatos, partidos ou coligações podem impulsionar publicações em redes sociais, ou seja: pagar para que a sua disseminação naquela rede seja mais ampla. Outra determina que os anúncios pagos na internet, o uso de telemarketing e o envio em massa de mensagens instantâneas (como no aplicativo WhatsApp) são proibidos.

 

Os eleitores que desejarem receber informações da campanha em seus endereços de e-mail ou aplicativos de mensagens instantâneas deverão, voluntariamente, cadastrar seus números de telefone ou endereços eletrônicos. Já as mensagens enviadas sempre deverão conter mecanismos para que o eleitor possa se descadastrar a qualquer momento e, assim, parar de receber mais conteúdo.

 

Os demais eleitores, por sua vez, podem compartilhar em suas redes o seu posicionamento político e o seu apoio ao candidato de preferência, mas não podem pagar pela divulgação dessa publicação. Isso não abrange, no entanto, páginas de empresas ou instituições, que são proibidas de divulgar conteúdo de propaganda eleitoral.

 

JORNAIS E REVISTAS, RÁDIO E TELEVISÃO

 

A propaganda em veículos de mídia impressa é permitida até a antevéspera das eleições. Cada veículo poderá publicar até dez anúncios para cada candidato, dentro do espaço máximo de um oitavo de página de jornal padrão e um quarto de página de revista ou tabloide. Cada anúncio deverá exibir o valor pago pela publicação.

 

Os jornais e revistas, diferentemente dos veículos de comunicação por concessão pública – como emissoras de rádio e televisão –, são livres para manifestar o seu apoio a um candidato. Mas isso não os exime da responsabilidade por abusos que porventura vierem a cometer, que poderão ser levados tanto à Justiça Eleitoral quanto à Justiça comum.

 

Desde o dia 17 de setembro, as emissoras de rádio e TV não podem mais divulgar pesquisas ou consultas populares em que seja possível identificar o entrevistado. Também não é permitida propaganda política ou tratamento diferenciado a algum candidato, ainda que por meio da transmissão de programação artística ou de entretenimento que faça menção velada ao seu nome ou programa. A divulgação de propaganda eleitoral paga no rádio e na televisão é proibida.

 

 

Os candidatos mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto poderão ser convidados para entrevistas. E, desde o dia 11 de agosto, os candidatos que são apresentadores de programas de rádio ou televisão não podem mais apresentá-los.

 

DEBATES

 

As regras para a realização dos debates são definidas em acordo entre os partidos políticos e as emissoras de rádio e televisão, que então são comunicadas à Justiça Eleitoral.

 

Devem ser convidados a participar dos debates os candidatos de partidos que tenham representação no Congresso Nacional de, no mínimo, cinco parlamentares. Já a participação dos candidatos de partidos sem essa representação é facultada à emissora que organizará o debate.

 

A transmissão dos debates na TV deverá dispor dos meios inclusivos para a compreensão de deficientes auditivos e visuais, como tradução em Libras, audiodescrição e legenda oculta.

 

PROPAGANDA GRATUITA NO RÁDIO E TV

 

Canais de rádio e televisão passarão a transmitir a propaganda eleitoral gratuita a partir do dia 9 de outubro até o dia 12 de novembro, de segunda-feira a sábado, em dois horários. No rádio, a propaganda irá ao ar das 7h às 7h10 e depois das 12h às 12h10; já na televisão, a transmissão ocorrerá das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40.

As emissoras também deverão reservar em sua programação diária 70 minutos, no primeiro turno, e 25 minutos, no segundo, para a veiculação de inserções de 30 e 60 segundos de propaganda eleitoral. Esse conteúdo deverá ir ao ar das 5h às 0h, na proporção de 60% para candidatos a prefeito e 40% para candidatos a vereador, para os quais a distribuição do tempo de propaganda é feita a critério do respectivo partido.

 

Apenas 10% do tempo disponível para a propaganda gratuita no rádio e na televisão serão distribuídos igualitariamente entre os partidos políticos. Os 90% restantes serão distribuídos proporcionalmente, conforme a representação das legendas na Câmara dos Deputados.

 

Os programas de propaganda eleitoral na TV deverão ter transmissão inclusiva, com audiodescrição, legenda oculta e janela de Libras. Os filmes deverão exibir os candidatos, podendo também mostrar texto, fotos, jingles ou clipes de música ou vinhetas, de maneira a informar o nome do candidato, seu partido e coligação, se for o caso, e o seu número. A aparição de apoiadores é permitida, desde que sempre em companhia do candidato e limitada a 25% da duração do programa. São proibidas montagens, trucagens, computação gráfica, desenhos animados e efeitos especiais.

 

Confira a íntegra da Resolução TSE nº 23.610/2019.


 

Fonte: TSE – ELEIÇÕES 2020.




Comentários


JUSTIÇA ELEITORAL DE MURIAÉ REÚNE PARTIDOS E RÁDIOS PARA SORTEIO DO HORÁRIO ELEITORAL
PORTAL MIRADOURO em 28/09/20

Juiz Eleitoral, Dr. Vitor José Trócillo Neto

Promotor de Justiça Eleitoral, Dr. Sílvio José Marques Landim e o Juiz Eleitoral

O Chefe do Cartório Eleitoral de Muriaé, Maximino Roberto Fernandes




A Justiça Eleitoral de Muriaé, através do Juiz Eleitoral, Dr. Vitor José Trócillo Neto, do Promotor de Justiça Eleitoral, Dr. Sílvio José Marques Landim e do Chefe do Cartório Eleitoral de Muriaé, Maximino Roberto Fernandes, realizou na manhã desta segunda-feira (28), no Tribunal do Juri, uma reunião, para definição, através de sorteio, do Horário Eleitoral das Eleições Municipais 2020, nos municípios de Muriaé, Rosário da Limeira, Miradouro, Vieiras e Miraí. No público, representantes de partidos destes municípios e de rádios.

 

Em Muriaé por exemplo, o sorteio definiu assim a ordem de exibição em rádios: Coligação “Progresso com Responsabilidade” (PTB, PP, DEM, Cidadania, PSDB, PSB e PV) em ; PRTB em ; PT em ; Coligação a “Mudança não pode parar” (PDT, PL, PSD, PSL e Solidariedade) em ; Coligação “Simplicidade e Trabalho” (MDB/AVANTE) em 5º.

 

Na mesma reunião definida a ordem de exibição do Horário Eleitoral em Miradouro: PRTB ; PT  e Coligação pela “Força da União” em . Em Miraí: Coligação “Miraí não pode parar”  e Republicano .


Fonte: Silvan Alves nosso parceiro em Muriaé




Comentários


DESAPARECIDA: POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS, DIVULGA RETRATO DA MIRADOURENSE QUE ESTÁ DESAPARECIDA DESDE DO DIA 24 DE AGOSTO DE 2020
PORTAL MIRADOURO em 28/09/20


A Polícia Civil de Minas Gerais divulgou neste segunda-feira (28), a foto da mulher de 39 anos, que está desaparecida desde do dia 24 de agosto desde ano.


Nome: Jucelia Cristina Gonçalves, de 39 anos.
Natural de Miradouro Minas Gerais 




Comentários


A FEIRA LIVRE DO AMIGÃO VAI FAZER UM QUEIMÃO ATÉ NESTA QUINTA FEIRA DIA 01 /10 CONFIRA AS OFERTAS IMPERDÍVEIS:
PORTAL MIRADOURO em 28/09/20

ATENÇÃO AMIGÃO É AMIGONA A FEIRA LIVRE DO AMIGÃO VAI FAZER UM QUEIMAO ATÉ NESTA QUINTA FEIRA DIA 01 /10 CONFIRA AS OFERTAS IMPERDÍVEIS:

 

 

BISCOITOS RECHEADO SHOW GOOL 110G R$ 0.89

MOLHO TOMATE PRAMESA 340G R$ 0.99

VINAGRE VITALIA R$ 0.99

TOMATE MÉDIO R$ 1.15

CREME DENTAL ICE FRESH R$ 1.25

BATATA DOCE ROXA R$ 1.65

CENOURA R$ 1.75

MILHO VERDE LATA R$ 1.89

BATATA LAVADA R$ 1.89

PANO DE CHAO A PARTI DE R$ 1.99

MELANCIA R$ 1.45

CREME CULINÁRIO TRIÂNGULO R$ 1.99

MACARRÃO NINFA SEMOLA PENE OU PARAFUSO R$ 1.95

TEMPERO DU SUL 290G R$ 2.49

ÁGUA SANITÁRIA 2LT R$ 2.49

BISCOITO CHOCKER R$ 2.95

CERVEJA LOKAL 470G R$ 2.19

BISCOITO NINFA SABORES  370G R$ 2.49

MORANGO R$ 3.89

CEBOLA GRANDE R$ 2.99

ALHO R$ 11.99

OVO BRANCO COM 30 R$ 8.49

OVO VERMELHO COM 30 R$ 10.99

CHOP DE VINHO STEMPIL R$ 8.99

GUARANÁ ANTÁRTICA 1.5 R$ 3.49

KIT 1 COCA COLA 2LT + 1 FANTA LARANJA 2LT R$ 11.49

ARROZ DONA ANA 5KG R$ 19.99

LEITE INTEGRAL ITALA 1LT R$ 3.75

MAIONESE HELLMANS 500G R$ 5.65

ACHOCOLATADO NESCAU LATA  400G R$ 5.25

SABÃO EM PÓ ESPUMIL 1KG R$ 2.99

FILE DE PEITO AVE NOVA R$ 8.99

BISCOITOS RECHEADO R$ 2.49

CAFÉ PILÃO R$ 7.95

LEITE EM PÓ ITALAC 400G R$ 9.99

QUALY DE 500G R$ 5.39

SUCO BELA ISCHIA 1LT R$ 2.89

CARVÃO R$ 6.49

AUSODIA 500ML R$ 3.89

CANTINA DA SERRA 1.5 R$ 8.69

QUEIJO RALADO PEREIRA R$ 3.40

YORGUTE YOPOLPA 540 G R$ 2.35

AZEITONA SEM CAROÇO 240G R$ 3.70

VANISH 500ML R$ 5.40

PAPEL HIG SISSA 12 ROLOS FOLHA DUPLA R$ 9.49

ÁGUA SANITÁRIA 5LT R$ 6.25



ESTAMOS LOCALIZADOS NA RUA DO BANCO DO BRASIL EM MIRADOURO FEIRA LIVRE DO AMIGÃO DA PAX JOSE SCHITTINI LUGAR DE COMPRAR BARATO.




Comentários


PROPOSTA DE PRIVATIZAÇÃO DA COPASA É CRITICADA EM REUNIÃO
PORTAL MIRADOURO em 27/09/20






A privatização da empresa – presente em 641 municípios com concessão de água e 311 de esgoto gera polêmica. O passo inicial para a privatização da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) foi dado em junho desde ano, quando o governo de Minas, acionista majoritário, anunciou a contratação ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para fazer a modelagem do processo de venda.

 

 

As críticas à intenção do Governo do Estado de privatizar a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) deram o tom de audiência pública realizada, nessa quinta-feira (24), pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para discutir o tema. Apenas um dos debatedores, representando o governo, defendeu o processo.

 

O relator de Direitos Humanos à Água e ao Esgotamento Sanitário da Organização das Nações Unidas (ONU), Léo Heller, apontou riscos desse processo. Ao maximizar seus lucros, segundo ele, a empresa aumenta tarifas e reduz investimentos, negando o acesso de populações pobres à água e comprometendo a qualidade do serviço. Outro problema seria o monopólio da prestação do atendimento, que facilitaria a “captura” do órgão regulador pelo prestador privado. Essas distorções, de acordo com Heller, ocorreram em todo o mundo, provocando diversos casos de retorno de serviços de saneamento ao controle público.

 

Para o presidente do Sindágua (sindicato que representa os trabalhadores da Copasa), Eduardo Pereira de Oliveira, o melhor argumento para não privatizar a Companhia de Saneamento do Estado é a prática do subsídio cruzado. “Ele corrige distorções e permite que pequenas cidades tenham o mesmo nível de saneamento das grandes”, afirmou.


Fonte: Assembleis de Minas




Comentários


CONFIRAM OS GANHADORES DO SHOW DE PRÊMIOS DE 19 ANOS DO MERCADO CENTRAL DE MIRADOURO
PORTAL MIRADOURO em 26/09/20





Comentários


ENCONTRADOS OS DOIS AUTORES DO ROUBO NA ÚLTIMA QUARTA- FEIRA (23) EM DIVINO
PORTAL MIRADOURO em 26/09/20


Na noite desta sexta-feira (25) por volta das 19h30min, os dois autores do roubo na última quarta-feira foram abordados pela Polícia Militar na estrada dos Viletes, portando o punhal que usaram no crime e foram presos em flagrante pela contravenção penal de porte ilegal de arma branca.

 

Os militares fizeram diligências e descobriram o local onde os autores passaram os dias escondidos no mato. Lá encontraram as roupas usadas no crime, uma câmera fotográfica que havia sido roubada e outras duas facas.

 

O celular roubado foi jogado no rio segundo os autores e a arma de fogo não foi encontrada.

 

A vítima reconheceu a câmera e o punhal usado no delito e os autores confessaram o crime.

 

Como não estavam mais em flagrante no crime de roubo, assinaram o TCO pelo porte de arma branca e foram liberados. Os materiais recuperados foram encaminhados para a Polícia Civil para compor o Inquérito.



Fonte: Portal Miradouro | Informações PM de Divino MG




Comentários


PROMOÇÃO NESTA SEXTA E SÁBADO NA FEIRA LIVRE DO AMIGÃO DA PAX JOSÉ SCHETINI DE MIRADOURO
PORTAL MIRADOURO em 25/09/20


CONFIRA AS OFERTAS QUE PREPARAMOS PARA VOCÊ, NESTA SEXTA E SÁBADO:


BISCOITOS RECHEADO SHOW GOOL R$ 0.89

VINAGRE VITALIA 750ML R$ 0.99

BATATA LAVADA R$ 1.25

BISCOITOS RECHEADO VILMA R$ 1.40

PRESUNTO PIF PAF 100G R$ 1.69

TOMATE MÉDIO R$ 1.75 kg

ASSOLAM R$ 0.99

SACO DE LIXO A PARTI DE R$ 1.99

ÁGUA SANITÁRIA 2LT R$ 2.40

MACARRÃO NINFA PARAFUSO E PENE R$ 2.25

MACARRÃO SAPORE R$ 2.25

BISCOITOS NINFA 370G R$ 2.49

MISTURA DE BOLO APIT 400G R$ 2.10

MAIONESE PRAMESA 500G R$ 3.60

PÓ DE CAFÉ SABOR DAS MATAS 500G R$ 7.75

SABÃO EM PÓ BRILHANTE 800G R$ 6.49

ACHOCOLATADO NESCAU  400G R$ 5.29

ALHO R$ 11.99 KG

MAIONESE HELLMANNS 500G R$ 5.65

PORCO SERRADO R$ 13.39

PERNIL R$ 14.99 KG

LOMBO R$ 16.99 KG

COSTELA SUÍNA R$ 16.99 KG

OVO BRANCO CRTL COM 30 8.49

GUARANÁ ANTÁRTICA 1.5 LT R$ 3.49

YORGUTE CARMANINI 850G R$ 4.45

LIMPADOR PERFUMADO UAU 500ML R$ 2.95

ARROZ DONA ANA 5KG R$ 19.95

FILE DE PEITO R$ 9.99 KG

 CHOP DE VINHO   STEMPIL 600ML R$ 8.99

PAPEL HIG SISSA 12 ROLOS FOLHA DUPLA R$ 9.99

ÁGUA SANITÁRIA 5LT R$ 6.25

 

FEIRA LIVRE DO AMIGÃO DA PAX JOSÉ SCHETTINI LOCALIZADO NA RUA TENENTE PEREIRA DO VALE (RUA DO BANCO DO BRASIL) EM MIRADOURO

 

FEIRA LIVRE DO AMIGÃO DA PAX JOSÉ SCHETTINI – LUGAR DE COMPRAR BARATO!




Comentários


MPMG DIVULGA BALANÇO DA OPERAÇÃO PROBO REALIZADA EM MUNICÍPIOS DAS REGIÕES CENTRAL E ZONA DA MATA
PORTAL MIRADOURO em 25/09/20

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Procuradoria Especializada no Combate a Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco Zona da Mata), juntamente com as polícias Civil e Militar, cumpriu ontem, 24 de setembro, todos os 13 mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG)

 

Durante a operação Probo, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Ponte Nova, quatro em Santa Cruz do Escalvado, dois em Sete Lagoas, dois em Viçosa e um em Manhuaçu. Ao todo foram apreendidos computadores, notebooks, pendrives, agenda, hd, mídias, cheques, contratos e documentos para a investigação. Num dos endereços em Ponte Nova, foram apreendidas ainda oito munições calibre 38.

 

O objetivo da busca e apreensão é localizar e apreender provas que corroborem a investigação em curso na Procuradoria Especializada no Combate a Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, envolvendo esquema criminoso relacionado a fraudes em licitação, peculato, desvio, corrupção e associação criminosa, praticados por agentes públicos e empresários.

 

Dentre os alvos da operação estão um prefeito, um presidente da Câmara Municipal e empresários atuantes na Região Central e na Zona da Mata Mineira.

 

Participaram da operação quatro promotores de Justiça, cinco delegados de Polícia, 34 policiais civis, oito policiais militares, 20 agentes do Gaeco, dois servidores do MPMG e um perito criminal.



Fonte: MPMG




Comentários


ENERGISA MOBILIZA EQUIPES EM SIMULADO DO PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA CHUVAS
PORTAL MIRADOURO em 25/09/20

(Créditos das fotos: Cristiano Moreira)


Simulação representou aumento de 560% do efetivo normal de colaboradores em atendimento;  

   

Empresa está preparada para atuar durante situações climáticas mais severas;   

   

Energisa investe em tecnologias e manutenção do sistema elétrico para enfrentar o período de chuvas.        

    

Na madrugada de hoje, 25 de setembro, a Energisa mobilizou em um simulado do Plano de Contingência para Situações de Calamidade, 28 colaboradores das áreas de operação, comercial, manutenção de média e alta tensão, o que representa um aumento de 560% do efetivo que atende a cidade foco da simulação. A mobilização envolveu também equipes de Telecomunicação, Informática e Comunicação. 

   

Anualmente as equipes passam por uma simulação para colocar em prática o Plano, que define as responsabilidades, de forma a orientar, facilitar, agilizar e uniformizar as ações necessárias para que a empresa atue com agilidade diante das situações adversas como tempestades, queda de árvores, erosões, dentre outras situações que causam impactos ao sistema elétrico. Em situações de contingência, a empresa pode mobilizar entre 15% e 20% do seu contingente de equipes que atendem a toda área de concessão em uma única regional, incluindo manutenção pesada com caminhões com cesto aéreo. 



 

O objetivo do simulado realizado hoje foi reforçar as ações do plano e avaliar o desempenho de todas as áreas envolvidas, diante de situações reais de emergência. Entre as ações do simulado estão o acionamento de todas as frentes de trabalho que devem executar as ações previstas no Plano, simulação de manobras pelo Departamento de Operações, simulação de perda de infraestrutura, perca do Centro de Operações, que monitora todo o sistema elétrico entre outras.     


“A empresa conta com equipes treinadas e mobilizadas para atender à população o mais rápido possível em casos de interrupções de energia, além de recursos e equipamentos necessários para o enfrentamento dessas situações, garantindo o restabelecimento de energia o mais rápido possível com segurança e eficiência. Em 2019, em Minas Gerais cerca 4.900 atendimentos foram ocasionados por eventos climáticos”, comenta o gerente de Operações da Energisa, Anderson Rabelo.   

 

Brasil é líder em incidência de raios   

     

O período de chuvas pesadas, acompanhado de ventos fortes e raios, se aproxima da nossa região. De setembro a março, ou seja, da primavera até o final do verão, é conhecido como a estação das chuvas no Brasil. Segundo estudo realizado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil, por ser o maior país da zona tropical do planeta, é o líder em incidência de raios no mundo, com cerca de 77,8 milhões de descargas para o solo a cada ano.  

  

Considerando os 66 municípios atendidos pela Energisa Minas Gerais, a distribuidora registrou em 2019, aproximadamente, 94 mil raios. O número cresce a cada ano e pode impactar diversos setores.    

      

“Os raios podem atingir diretamente as pessoas e imóveis ou por meio de objetos metálicos, telefonia, antenas externas, redes de TV e internet via cabo. Vale alertar, que além dos raios, os temporais desta época do ano são acompanhados de fortes rajadas de ventos, o que traz um risco adicional a toda população. Os ventos, que muitas das vezes chegam a ultrapassar os 60 km/h, podem lançar objetos sobre as redes de energia, provocar a queda de árvores e galhos sobre carros e casas. É preciso ficar atento”, explica Rabelo.   

   

Monitoramento do tempo 



O Grupo Energisa conta com uma ferramenta de Alerta de Situação Climática, denominada NetClima, que está presente em todas as unidades da empresa.  Ela realiza o monitoramento em tempo real de tempestades severas como chuvas intensas, rajadas de vento muito fortes, com abrangência nacional, o que possibilita às distribuidoras mobilizar suas equipes com antecedência para atender à população com mais agilidade. 



Além do sistema de monitoramento, desenvolvido pelo Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), em parceria com a Aneel e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o sistema elétrico conta também com equipamentos automatizados, que permitem manobras a distância, diretamente do Centro de Operação da distribuidora, garantindo mais agilidade na recomposição do sistema.   
 

     

Investimentos em tecnologias e manutenção    

     

Para amenizar os transtornos que o período chuvoso traz para os seus clientes, a Energisa investe constantemente em tecnologias que têm a capacidade de recompor o sistema elétrico de forma automática, ou seja, com mais agilidade e segurança. “Com essas tecnologias, quando temos ocorrências durante chuvas, conseguimos manobrar de forma automática a carga de energia. Para isso, isolamos o defeito e reduzimos o número de clientes impactados. Se for necessário, contamos também com subestações móveis que possuem a capacidade de abastecer cidades inteiras durante uma emergência”, destaca o gerente. Ele lembra ainda que, nos casos de danos físicos com a rede, provocados por postes derrubados, árvores caídas e cabos rompidos, o tempo de atendimento pode aumentar, por conta da complexidade da ocorrência.   

 

Outra frente que minimiza os impactos da chuva é a manutenção constante das redes de distribuição. A Energisa realiza inspeções periódicas nas redes tanto pelas equipes que percorrem a linha, quanto com uso de drones e helicópteros. “Associado a essas ações estamos sempre com as equipes em campo, fazendo o trabalho de manutenção com base no levantamento realizado durante a inspeção. Fazemos podas em árvores que estão em contato com os fios, limpeza de faixa, obras de ampliação, substituição de equipamentos, enfim, é um trabalho minucioso que prepara o sistema para o período de chuvas”, explica o gerente de Construção e Manutenção, Victor Rispoli.    

    

A população também deve ficar atenta a cuidados importantes: em caso de tempestades, retire todos os aparelhos eletrônicos das tomadas e evite contato com objetos de estrutura metálica que estejam ligados à eletricidade, como fogões, geladeiras e torneiras. Se estiver na rua, procure um lugar seguro e não se aproxime de cabos partidos. Em caso de urgência, entre em contato a Energisa pelas redes sociais, pelo aplicativo Energisa On, pelo site www.energisa.com.br ou pelo Call Center 0800 032 0196. 





Comentários


Visitas: 3928968 Usuários Online: 419


PORTAL TV


Parceiros









O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.
Copyright (c) 2020 - PORTAL MIRADOURO - Todos os direitos reservados