Buscar  
JORNALISMO

Publicada em 01/07/20 às 18:49h - 1478 visualizações
COMPRA DIRETA OU FINANCIAMENTO BANCÁRIO? SAIBA OS PRÓS E CONTRAS DAS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO DE UM IMÓVEL EM BH

PORTAL MIRADOURO


Antes de tomar a decisão confira essas orientações!

Imagem: Pixabay

 

A compra de um imóvel pode envolver diversos processos burocráticos principalmente se você optar por realizar um financiamento.Comprar casas em BH sempre foi um processo árduo.

 

Para realizar o financiamento, é necessário contatar a construtora ou imobiliária responsável pelo imóvel para obter as instruções necessária. Em resumo se trata dos seguintes passos:


O banco vai avaliar e atribuir um financiamento para você, e somente você poderá fornecer as informações, além de sanar dúvidas que o banco possa ter durante o processo. O setor de crediário vai orientá-lo e apontar uma assessoria para realizar a análise de renda e elaboração do processo junto com o banco financiador. Já o setor judiciário irá oferecer os documentos necessários para o procedimento de financiamento habitacional.

 

A construtora deve disponibilizar todos os documentos e certidões que são referentes à construtora e ao empreendimento.

 

Logo após que a construtora entregar os documentos você poderá dar entrada no pedido de financiamento.

 

De acordo com o Sistema Financeiro da Habitação (S.F.H.) cada estado tem um valor máximo de financiamento. As imobiliárias em BH podem fornecer essas informações a você.

 

Porém, utilizando a Carteira Hipotecária (C.H)., não existe valor máximo, ou seja, poderá ser financiado um imóvel que passe do valor. Contudo, neste modo não poderá ter o uso do FGTS e o valor máximo de financiamento será, de no máximo oitenta por cento do valor de avaliação.

 

Para imóveis inferiores ao valor máximo de avaliação o recomendo é fazer o uso do SFH, pois ele tem uma taxa menor de juros e além disso, autoriza o uso do FGTS. E oferece outros benefícios no momento de recolhimentos de impostos e despesas de registro de imóveis.

 

Os bancos geralmente aceitam a renda do casal que está casado no papel, porém em casos como união estável, ou pais e filhos pode variar de um banco para o outro. 

 

Provavelmente, o banco irá cobrar algumas taxas, como a taxa de abertura de crédito, taxa de análise jurídica, taxa de inscrição e expediente, entre outras. Pesquise bem e veja qual banco oferece menos taxas.

 

O financiamento do imóvel não precisa ser feito necessariamente pelo banco indicado pela construtora. Contudo, normalmente o procedimento no mesmo banco é mais simples, rápido e com encargos menores.

 

O cliente irá assumir as despesas que estão diretamente relacionadas aos rendimentos que se procederem das certidões e documentos que são oferecidos pela construtora.

 

Caso as parcelas do financiamento vencerem existirá cobrança de multa conforme determinado no contrato. Por isso fique atento aos prazos estipulados. Já a cobrança de correção monetária e de juros ocorrerá normalmente, conforme o contrato.

 

Muitas pessoas não compreendem o porque o processo de financiamento inclui despesas com cartório entre outras taxas. A resposta pra isso é simples: O contrato possui ímpeto de escritura pública. Nele, consta que o imóvel está devidamente quitado com a construtora, logo, o cliente está recebendo o mesmo em seu nome.

 

O cliente obteve um financiamento bancário junto à instituição financeira que, como garantia do dinheiro financiado, está recebendo uma garantia, que pode ser usada em caso de falta de pagamento das parcelas do financiamento..

 

E para que todo esse processo isso tenha valor legal, é necessário tornar público toda a operação efetuada.

 

Quem deve arcar com as despesas de avaliação do imóvel é a construtora no primeiro parecer de avaliação, que possui um prazo de validade que é determinado pelo banco. Os processos que ocorrerem depois desse prazo terá um novo laudo de avaliação. E este novo laudo será contratado e pago pelo próprio cliente.

 

Portanto, se você está em busca de apartamentos à venda em BH esteja ciente de todos os processos que envolvem o financiamento bancário antes de decidir qual opção é melhor para você, as vezes uma compra direta pode ser a melhor opção.

 

Ao realizar um financiamento direto com a construtora, há mais possibilidade de negociação. Porém, a negociação pode ter certas características parecidas  com as dos bancos. Mesmo sendo mais ajustável, a incorporadora vende o imóvel pretendendo uma compensação que compense os descontos fornecidos na negociação.

 

Para que o negócio seja de fato vantajoso, algumas construtoras trabalham com altas taxas de juros, que, em alguns casos podem até ultrapassar as que são cobradas pelos bancos. Fique atento a isto, coloque tudo no papel.

 

Um empréstimo imobiliário bancário possui um valor médio de taxas de cerca de oito por cento ao ano, já o financiamento direto com a construtora possui um valor mínimo de cerca de doze por cento isso no mesmo período.

 

Outro diferencial é o prazo para o pagamento da transação. No financiamento direto com a construtora, o pagamento deve ser feito entre 5 e 10 anos. Já em um financiamento bancário, esse período pode chegar até 35 anos.

 

Em resumo, um financiamento bancário acaba sendo mais vantajoso. Porém, varia de caso para caso, coloque tudo na ponta do lápis e veja qual a melhor escolha para o seu orçamento.

 

Gostou deste artigo? compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam os prós e contras das condições de pagamento de um imóvel!




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Visitas: 3785912 Usuários Online: 88



Parceiros









O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.
Copyright (c) 2020 - PORTAL MIRADOURO - Todos os direitos reservados